Buscar
  • drathamaraendocrino

Alimentos Ultraprocessados, o que são?


O Guia Alimentar divide os alimentos em: In natura, minimamente processados, processados e ultraprocessados e orienta quando de consumo de cada classe deveríamos ter.


Vou descrever abaixo para que saibam identificar.


- Alimentos in natura:

São aqueles obtidos diretamente de plantas ou animais e não sofrem qualquer alteração após deixarem a natureza.

ABUSE DELES.


- Alimentos minimamente processados:

São os alimentos in natura que foram submetidos a processos de limpeza, remoção de partes não comestíveis, fracionamento, moagem, secagem, fermentação, pasteurização, refrigeração, congelamento e processos similares que não agreguem sal, açúcar, óleos, gorduras ou outras substâncias ao alimento original.


O objetivo é tornar os alimentos mais disponíveis e acessíveis, e muitas vezes mais seguros e mais palatáveis.


Exemplos: Grãos, nozes, legumes, frutas e hortaliças, raízes e tubérculos, chás, café, infusão de ervas, águas de torneira e engarrafada.

CONSUMO CONSCIENTE.


- Alimentos processados:

São alimentos fabricados pela indústria com adição de sal, açúcar ou outra substância de uso culinário a alimentos in natura para torná-los duráveis e mais agradáveis ao paladar.


São derivados diretamente de alimentos e são reconhecidos como versões dos alimentos originais.


Exemplos: cenoura, pepino, ervilhas, palmito, cebola e couve-flor preservados em salmoura ou em solução de sal e vinagre; extratos ou concentrados de tomate (com sal e ou açúcar); frutas em calda e frutas cristalizadas; carne seca e toucinho; sardinha e atum enlatados; queijos; e pães feitos de farinha de trigo, leveduras, água e sal.

CONSUMA COM MODERAÇÃO.


- Alimentos ultraprocessados:

São os alimentos prontos para consumo, necessitam de aquecimento ou não.


São formulações industriais feitas de substâncias extraídas de alimentos (óleos, gorduras, açúcar, amido, proteínas), derivados de constituintes de alimentos (gorduras hidrogenadas, amido modificado) ou sintetizadas em laboratório ⚠ com base em matérias como petróleo e carvão (corantes, aromatizantes, realçadores de sabor e aditivos usados para dotar os produtos de propriedades sensoriais atraentes).


Passam por extrusão, moldagem, e pré-processamento por fritura ou cozimento.

O objetivo do ultraprocessamento é tornar o alimento atraente, acessível, palatável, apresentar longa vida de prateleira e praticidade.


Exemplos: Pães, barras de cereais, biscoito, batatas fritas, bolos, doces, sorvetes e refrigerantes, pratos prontos (congelados), massas, linguiças,nuggets,sticksde peixe, sopas desidratadas, fórmulas infantis e alimentos para bebês.

EVITE.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo